Pode ser desconcertante entender que se está preocupado com problemas de ereção, especialmente se alguém se considera em boa saúde. Mas distúrbios ocasionais da disfunção erétil são mais do que comuns e a maioria dos homens estará preocupada pelo menos uma vez na vida.

O que é impotência ocasional em comparação com a impotência crônica?

O que distingue a impotência ocasional dos distúrbios crônicos, além da frequência desses distúrbios, é a causa da disfunção. Uma pessoa com disfunção erétil crônica pode sofrer de uma doença não diagnosticada ou problemas psicológicos que explicam o aparecimento desses distúrbios. Tratamentos adequados para a disfunção erétil crônica serão medicamentos prescritos como Spedra e Levitra .

A impotência ocasional pode ser mais difícil de prever e pode ocorrer como resultado de problemas cardiovasculares. De fato, os sintomas aparecem com mais ou menos várias semanas de intervalo. É por isso que os homens com disfunção erétil ocasional não levam esses transtornos a sério e não planejam seguir o tratamento médico apropriado.

O que fazer com a impotência ocasional?

A coisa boa é que, se você sofre desse tipo de impotência, é provável que não precise prescrever tratamento médico.

Alguns homens apreciam ter um tratamento como o Viagra para ajudar e tranquilizá-los do ponto de vista psicológico. Mas a desvantagem de ter um uso recreativo desse tipo de tratamento é que ele pode ter confiança e que pode ser complicado ter uma ereção naturalmente [1]

Assim, estima-se que 20% das relações sexuais sejam perturbadas por problemas ocasionais de desamparo. Isso não requer a prescrição de um medicamento [2] E existem várias soluções não médicas para melhorar a saúde sexual e reduzir o risco de impotência.

Determinar as causas da disfunção erétil

Pense no que seus diferentes episódios de desamparo têm em comum. Você pode ter comido um alimento em particular ou realizado uma atividade específica antes de sua atividade sexual. Às vezes, mudar certos hábitos de vida pode eliminar a disfunção erétil.

O consumo de tabaco, álcool, maus hábitos alimentares, fadiga são fatores que podem causar disfunção erétil. Então, ter tempo para pensar sobre seu estilo de vida pode realmente fazer a diferença.

O que muitas pessoas não sabem é que a disfunção erétil ocasional pode ocorrer se uma pessoa tiver muitas relações sexuais. Lembre-se de que é importante dar ao seu corpo o descanso necessário entre cada relação sexual.

Fatores psicológicos não são negligenciados. Assim, se você tem um parceiro, que você tenta algo novo, ele pode gerar alguma ansiedade e causar disfunção erétil. É importante lembrar que, em tal situação, é essencial falar sobre suas hesitações com seu parceiro.

Quando ver um médico?

Se você acha que seus sintomas estão piorando, não hesite em consultar um médico. Não tratada, a impotência pode ter efeitos prejudiciais em sua vida íntima e quanto mais você esperar, mais os sintomas pioram.

Seu médico procurará uma possível doença não diagnosticada que seja responsável por sua disfunção erétil, como problemas de circulação sanguínea. Tratamentos médicos como o Cialis podem ajudá-lo a superar esses momentos difíceis, como a disfunção erétil ocasional.

Não se preocupe consigo mesmo. Se você acha que sua disfunção erétil está se tornando um problema, converse com seu médico ou médico. E lembre-se de que você é a melhor pessoa para saber se precisa de tratamento médico.